HISTÓRIA DA FATIPI

 

A Faculdade de Teologia de São Paulo da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil (FATIPI) não é uma instituição totalmente nova se considerarmos a sua procedência e herança histórica. Ela é sucessora do Seminário Teológico de São Paulo da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil, fundado em 21 de abril de 1905 e, nesses mais de 100 anos de história, formou centenas de estudantes que se tornaram pastores e pastoras desta e de outras igrejas evangélicas. Portanto, é uma instituição que tem rica história e considerável experiência na prática do ensino e formação teológica.

 

A educação teológica na Igreja Presbiteriana Independente do Brasil (IPIB) e o surgimento do Seminário de São Paulo têm suas origens juntamente com a própria IPIB. O Rev. Eduardo Carlos Pereira, ao escrever sobre o assunto, destacou que foram os embates sobre a organização do Seminário que levaram ao cisma de 1903.

 

Ao ser organizado em 1905, o Seminário de São Paulo era um ponto de honra da igreja recém organizada. Daí ser considerado a menina dos olhos da igreja. A expressão correspondia à realidade. A IPIB consumiu suas primeiras energias no estabelecimento do Seminário de São Paulo que, em 1914, já possuía sua própria sede.

 

Na década de 1920, houve grande inversão nas posições históricas da IPIB a respeito do Seminário. Desde suas origens, a IPIB defendia a manutenção de um Seminário com um colégio preparatório anexo. Nesse período, a Igreja mudou de opinião, passando a aceitar a idéia de utilização do Mackenzie College como curso preparatório. Além disso, no espírito do Congresso do Panamá, a IPIB participou, junto com outras igrejas evangélicas,

do projeto do Seminário Unido no Rio de Janeiro, no começo da década de 1930, abrindo mão da manutenção de sua própria Casa de Profetas.

 

Após a experiência do Seminário Unido, ainda na década de 1930, o Seminário de São Paulo voltou a funcionar e enfrentou uma das maiores crises de toda a sua história, com a chamada Questão Doutrinária. Nela, seus professores tornaram-se suspeitos e o corpo docente sofreu profunda reformulação.

 

Nova crise tornou a ocorrer no final da década de 1960. Diferentemente do que sucedeu no desenrolar da Questão Doutrinária, desta vez foi o corpo discente que se tornou suspeito. Porém, ainda na década de 1970, teve início uma reformulação do corpo docente do Seminário, na qual, pouco a pouco, alunos, vítimas da suspeição na crise anterior, passaram a assumir a responsabilidade pelo ensino e pela direção da Instituição. Nessa mesma época o Seminário voltou a funcionar nas dependências da Primeira Igreja Presbiteriana Independente de São Paulo e seu curso passou a ser noturno.

 

A partir da década de 1980, acentuou-se a preocupação e o interesse pela formação acadêmica do corpo docente. Muito ajudou nisso a participação e o envolvimento da IPIB com o Programa Ecumênico de Pós-Graduação em Ciências da Religião no, então, Instituto Metodista de Ensino Superior, em Rudge Ramos, São Bernardo do Campo-SP. Dessa maneira, o Seminário iniciou um processo de formação de docentes no contexto nacional.

No raiar do novo século, o Seminário mudou-se para sua sede própria situada à Rua Genebra, nº 180, no bairro da Bela Vista, próximo à Praça da Sé, em São Paulo.

 

Com a decisão em 1999 do Ministério da Educação de reconhecer como curso superior o bacharelado em Teologia, a Assembléia Geral da IPIB decidiu em 08/02/2003 envidar todos os esforços a fim de adequar o seu curso e buscar a autorização e posterior reconhecimento do curso de Bacharel em Teologia, transformando o Seminário em Faculdade de Teologia.

 

Após o credenciamento e a autorização do MEC, no final de 2012 foi publicado no Diário Oficial da União a Portaria que estabelece, legitima e reconhece o Curso Bacharel em Teologia da FATIPI. Como Faculdade, já temos duas turmas formadas e alunos e alunas provenientes das mais diferentes regiões do Brasil. O corpo docente conta com professores qualificados e com vasta experiência na educação teológica. Nosso desafio é oferecer formação teológica e pastoral séria, comprometida com o Reino de Deus e que atenda as demandas eclesiásticas em nosso atual momento histórico.

 

Soli Deo gloria

 

 

Fatipi

Faculdade de Teologia de São Paulo

Rua Genebra, 180 - Bela Vista

01316-010 | F 11. 3111-7300

secretaria@fatipi.edu.br

MAntenedora

Fundação Eduardo Carlos Pereira

Rua Genebra, 180 - Bela Vista

01316-010 | F 11. 3111-7318
fecp@fecp.org.br

IPIB

Igreja Presbiteriana Indep. do Brasil

Rua da Consolação, 2.121

01301-100 | F 11. 2596-1903

www.ipib.org